Mesmo sem votos, grupo dos 09 vereadores articulam para tomar cadeira do Poder Executivo, ou seja, usurpar a Prefeitura

Com reuniões que costumam adentrar pelas madrugadas, e cada vez mais constantes, o grupo dos 09 vereadores que ocupa, no momento, as cadeiras de comando da Câmara Municipal de Açailândia mantém vivo o devaneio de usurpar a cadeira do Executivo, leia-se, derrubar o Prefeito Aluisio e colocar em seu lugar o vice-prefeito Joaquim. Tal estratégia é endossada pelo Presidente da Casa, Felisberg, junto com o Vereador Odacy – o articulador de CPI do Legislativo.

A sede do edil Odacy Miranda chega a ser tamanha, que quando sente que o Presidente Felisberg fica receoso de embarcar nos planos, parte pra cima do companheiro publicamente, utilizando até mesmo a tribuna, e fraco é o termo mais suave utilizado por Odacy para se referir ao Presidente. Tudo para forçar a continuidade do plano, onde segundo fontes que tem acesso aos bastidores de tais encontros, já está definido o espaço que cada um teria em um novo governo.

Cabe ressaltar que o grupo dos 09 vereadores foram apoiados de forma irrestrita pelo vice-prefeito Joaquim, mas mesmo antes de se tornar um político o seu caráter é tido como sendo de um homem honesto, o que deixa dúvidas se estaria ele por dentro de tal situação. E se não estava, agora está sabendo. E se já estava sabendo, precisa vir a público e colocar um freio nesta sede de alguns aliados seus, mesmo que seja com uma declaração pública de que está ao lado do Prefeito Aluisio e fora de qualquer jogo duplo.

Pois uma eventual cassação neste momento, até o dia de hoje, seria totalmente sem qualquer embasamento, servindo apenas para atender interesses pessoais de uma turma que não chega a meia dúzia, ou seja, não tem maioria sequer para cassar o gestor. E se conseguissem, atrapalharia até mesmo os empresários que bancaram e bancam quase a totalidade dos que planejam as escondidas, nos seus instintos íntimos, chegar ao ápice do poder sem ter voto para tal, pois Acailândia seria jogada na instabilidade, em todos os aspectos, incluindo o financeiro.

Este filme a População já viu, não gostou. Mas quem acompanhou ele, sabe que quando um vice faz de conta que não está vendo tramas contra seu líder, na verdade ele acaba sentando na cadeira principal e de lá, pelo menos em Açailândia, costuma não sair. Fica o alerta aos envolvidos, abram os olhos para o “fogo- amigo”.

By Nilton