“ESCÂNDALO” Prefeito Juscelino Oliveira e dono da empresa CAPINORTE, são alvos de investigação do MP, por possível esquema de corrupção, propina e lavagem de dinheiro.

AÇAILÂNDIA – Semana passada foi bastante movimenta lá pelas as bandas do ministério publico. A promotoria de Justiça da comarca de Açailândia, vem investigando a vários dias um caso muito grave que está em segredo de Justiça, onde encontrou indícios de um esquema de corrupção e lavagem de dinheiro, entre uma empresa de construção civil e prefeitura de Açailândia, na obra de ampliação e reforma do Hospital Municipal.

De acordo com os primeiros levantamentos são mais de 100 pessoas envolvidas que teria recebido dinheiro em suas contas bancarias desde do inicio da obra. As investigações já estão na fase final, e promotora Dra. Glauce Malheiros, deve ouvir no total umas 100 pessoas que poderão estarem envolvidas direta ou indiretamente no possível esquema.

Os principais alvos dessa operação que conta com o apoio do GAECO, são alguns secretários da prefeitura, o dono da empresa CAPINORTE, e o próprio prefeito Juscelino Oliveira do PCdoB. As outras pessoas que estão sendo ouvidas desde da semana passada, também tem ligação direta ou indiretamente com a administração municipal e com o próprio gestor da cidade.

O portal do Negão, teve acesso algumas informações repassadas por pessoas ligadas ao próprio governo municipal, que o escândalo pode ser ainda maior. Segundo essas mesmas fontes, pessoas importantes e de confiança do prefeito , já teriam tido seus sigilos bancários quebrados pelo pela justiça, e que no final da operação dependendo da gravidade, algumas prisões poderão serem expedidas.

Desenvolvimento e Hospedagem: