Caminhoneiros enfrentam problemas para escoar produção agrícola no MA

neste domingo (4), as dificuldades enfrentadas por caminhoneiros realizar o escoamento da produção agrícola nas estradas do sul do Maranhão e do Piauí foram destaques na edição. O intenso volume de chuvas e as péssimas condições das estradas estão trazendo prejuízos e colocando em risco os motoristas que trafegam pelos locais.

Os caminhoneiros estão sendo obrigados a enfrentar até 400 km de estradas de terra e passar por pontes que estão em péssimo estado de conservação para conseguir realizar o escoamento e por conta disso, está se tornando cada vez mais frequente flagrar caminhões atolados ou tombados na beira da estrada. Os caminhões transportam as mercadorias para os armazéns localizados em Balsas, a 810 km de São Luís.

Chuvas intensas que caem na região complicam o tráfego na área. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Este ano, cerca de 8,5 milhões de toneladas de soja e milho devem sair das lavouras do Maranhão e do Piauí e boa parte da produção deve passar pelas rodovias maranhenses. Na via que liga os municípios de Ribeiro Gonçalves e Balsas, uma importante rota de escoamento agrícola, os problemas na estrada tiram o sossego de quem trafega pelo local. O trecho foi recuperado pelos próprios agricultores, mas em alguns pontos o serviço já dá sinais de que não deve resistir às chuvas que ainda estão previstas para os próximos dois meses.

Grupo de agricultores do Maranhão realizou reparos nas estradas. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Grupo de agricultores do Maranhão realizou reparos nas estradas. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Na MA-006 que liga os municípios de Balsas e Alto Parnaíba e é responsável por transportar mais da metade da safra maranhense e da região sul do Piauí. O tráfego intenso de veículos somado as chuvas, torna um desafio dirigir pelo local. O governo em parceria com as prefeituras e os agricultores estão realizando uma operação ‘Tapa Buracos’, mas os motoristas afirmam que o serviço não deve durar muito tempo.

A BR-230 no sul do Maranhão é uma das mais conservadas do estado, mas o intenso tráfego de veículos somado as chuvas está danificando um trecho importante da via, que liga Balsas a São Raimundo das Mangabeiras. Os caminhões carregados com soja e milho fizeram surgir muitos buracos em um trecho de 40 km, que é usado para o escoamento de grãos pelo Porto do Itaqui. Somente este ano, dois caminhões já tombaram na pista.

Por conta das péssimas condições nas estradas, os caminhões acabam tombando. (Foto: Reprodução/TV Mirante)Por conta das péssimas condições nas estradas, os caminhões acabam tombando. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Por conta das péssimas condições nas estradas, os caminhões acabam tombando. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Por meio de nota, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informou que já está em fase final de licitação para a manutenção da BR-230 e que o local já se encontra devidamente sinalizado.

Também por meio de nota, a Secretaria Estadual de Infraestrutura informou que além da operação ‘Tapa Buracos’, o local esta com três patrulhas sincronizadas para socorrer os motoristas. O órgão afirmou que está tentando viabilizar um financiamento de 500 milhões de reais para construir a rodovia entre Alto Parnaíba e o entroncamento com a BR-222 em Buriticupu.

Motoristas passam em pontes de madeira para conseguir escoar a produção agrícola no Maranhão. (Foto: Reprodução/TV Mirante)Motoristas passam em pontes de madeira para conseguir escoar a produção agrícola no Maranhão. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Por Mirante Rural

Desenvolvimento e Hospedagem: